Centro Auditivo Jaraguá

:: Fone de ouvido pode prejudicar a audição

Um dos hábitos mais comuns entre os brasileiros é sair de casa ouvindo música em aparelhos portáteis com um fone de ouvido. O que muitos não sabem é que este pequeno
equipamento, aparentemente inofensivo, pode trazer problemas à saúde auditiva, se não for utilizado de forma moderada. Os especialistas alertam que o uso do fone de ouvido por muito tempo e com um volume alto pode causar danos irreversíveis à audição.
O otorrinolaringologista que atua no Hospital Santana Sandro Sérgio Muniz da Silva acredita que as pessoas estão passando a usar estes aparelhos cada vez mais cedo e de maneira inadequada. De acordo com ele, as pessoas devem cuidar da audição logo na infância, para evitar problemas maiores na fase adulta. “O som muito alto pode provocar problemas nas células do ouvido. Os chamados cílios, que são minúsculos sensores semelhantes aos pelos, vão desgastando por causa da exposição a ruídos durante períodos muito longos, afimou.

De acordo com o especialista, quando uma pessoa fica exposta a volumes muito altos, a lesão pode ser irreversível, pois as células morrem. “Se a pessoa ouve cotidianamente sons com fones de ouvido em uma altura normal, não há problemas”. Sefundo Silva, os níveis de volume aconselháveis são de 45 a 50 decibéis. Entre 80 e 85 decibéis, a exposição máxima que uma pessoa deve ficar é de oito horas. A partir de 90 decíbeis, não mais que quatro horas e de cem decibéis para cima, jamais ultrapassar o limite de uma hora.

Fonte: Jornal Mogi News – Mogi das Cruzes em 13/08/2010 - por Adriane Noronha 
CAJ
Centro Auditivo Jaraguá
Av. Mal Deodoro da Fonseca, 889
Jaraguá do Sul/SC , Centro , 89251-700 Brasil
(47) 3372-2364
Logomarca TWC Comunicação