Centro Auditivo Jaraguá

:: Entenda sobre a audição


Nossos dois ouvidos funcionam como antenas de radar que registram os sinais acústicos vindos de inúmeras direções. As estruturas complexas de cada ouvido processam os sinais recebidos e os transmitem ao cérebro, onde interpretamos nosso ambiente acústico.
Suponhamos, por exemplo, o som de um caminhão se aproximando: o ouvido mais próximo recebe o som um pouquinho antes que o outro, e levemente mais alto. Usando as informações acústicas processadas com precisão, de cada ouvido, o cérebro consegue calcular a direção de aproximação do caminhão, além de "sabermos" também a mais ou menos que distância o caminhão se encontra.
 
 Algumas vantagens do funcionamento adequado dos dois ouvidos:

 ** excelentes habilidades de localização do som;
 ** compreensão da fala mais fácil em situações com a presença de ruído;
 ** melhor qualidade sonora;
 ** percepção apurada de intensidade.
 
      O ouvido humano é um órgão altamente sensível que nos capacita a perceber e interpretar ondas sonoras em uma gama muito ampla de freqüências (20 à 20.000 Hz).     
      O ouvido tem um papel importante na comunicação e no equilíbrio do corpo e constitui-se basicamente de três partes principais:  

Orelha Externa
Inclui o pavilhão auricular, meato acústico externo e membrana timpânica. A orelha externa é responsável por captar os sons vindos do ambiente e levá-los à orelha média. O pavilhão auricular irá captar as ondas sonoras, que serão conduzidas pelo meato acústico externo, até chegar à membrana timpânica, que vibrará.

Orelha Média
É uma cavidade que contém os menores ossos do corpo humano, o martelo, a bigorna e o estribo. Estes três ossículos estão ligados à membrana timpânica e orelha interna, transmitindo as vibrações.
A tuba auditiva também está presente na orelha média, mantendo a pressão aérea.

Orelha Interna
Na orelha interna, o som é processado pela cóclea e as informações que afetam o equilíbrio são processadas pelos canais semicirculares. A cóclea é preenchida por líquido e por minúsculas células ciliadas em toda a sua extensão da cóclea. A onda sonora causa o deslocamento do líquido e por conseqüência as células ciliadas se movimentam e se curvam. Tal processo dispara uma reação química que transmite a mensagem para a extensão do cérebro responsável por interpretar a audição.

 

CAJ
Centro Auditivo Jaraguá
Av. Mal Deodoro da Fonseca, 889
Jaraguá do Sul/SC , Centro , 89251-700 Brasil
(47) 3372-2364
Logomarca TWC Comunicação